Se tivermos um arquivo de despejo de lixo heap do Eclipse em seu PC, este ponto pode ajudar.

Este programa protege você dos muitos erros que podem surgir em um computador e também ajuda a corrigir rapidamente quaisquer problemas.

Os locais de heap contêm uma captura instantânea correta de todos os elementos ativos usados ​​por um aplicativo Java™ em execução no heap Java.Você pode obter informações detalhadas para gerar cada instância de um objeto, como endereço completo, tipo, nome do curso ou tamanho, e se minha instância contém outras informações sobre nosso objeto.

Como faço uma análise de despejo de heap durante o eclipse?

Use o Analisador de Memória Eclipse Você provavelmente precisa atualizar seu desenvolvimento (F5 no projeto). Clique duas vezes em cada diretório e selecione Relatório de vazamento suspeito. Você pode começar a analisar um dump de matriz na página de visão geral. A árvore Dominator fornece uma visão geral bastante rápida dos itens encontrados.

Existem as impressoras heapdump; tipo clássico e formato PHD (Portable Heap Dump), que também é o formato padrão.Embora este layout clássico possa regenerar e ler a leitura ASCII, o formato binário especial do PHD deve ser manipulado.para análise.

Obter dumps

Como faço para abrir um despejo de heap no Eclipse?

Abra o Eclipse IDE ou a ferramenta MAT independente.Em toda a barra de ferramentas, escolha Arquivos > Abrir arquivo no menu suspenso.Abra o arquivo de despejo de grupo com esta extensão. hprof também, você verá qualquer tipo de página de resumo como abaixo.

Como corrigir falhas do Windows

O seu PC está lento? Você está enfrentando travamentos e congelamentos regulares? Então é hora de baixar Reimage! Este poderoso software reparará erros comuns do Windows, protegerá seus arquivos contra perda ou corrupção e otimizará seu sistema para obter o máximo desempenho. Com o Reimage, você pode corrigir qualquer problema do Windows com apenas alguns cliques - sem necessidade de conhecimento técnico! Então por que esperar? Baixe o Reimage hoje e desfrute de uma experiência de PC estável e tranquila.

  • Etapa 1: baixar e instalar o Reimage
  • Etapa 2: inicie o programa e selecione a verificação que deseja executar
  • Etapa 3: clique no botão Restaurar e aguarde a conclusão do processo

  • Os pontos de heap são criados por padrão quando o PHD formata quando o heap Java fica sem espaço. Se você criar para acionar um despejo de rajada por resposta a várias outras situações, juntamente com um formato classiccom, você definitivamente usará uma das boas opções:

  • Configure o agente de despejo de heap. Para obter muitas informações, consulte a descrição de cada parâmetro -Xdump.
  • Use a API com.ibm.jvm.Dump programaticamente em seu código de aplicativo. Consulte o diagnóstico para obter mais informaçõesCertificado de API referente a utilitários jvm.
  • Análise de despejo

    eclipse heap dump file

    A melhor abordagem para analisar um determinado bin dump do PHD é usar o hardware de análise de memória Eclipse (MAT) ou esta ferramenta de análise de memória IBM. Esses aparelhos processam o arquivo local e incluem uma indicação visual dos gadgets no heap Java. Ambas as ferramentas garantem, como a Barra de ferramentas Alexa do Diagnostic Tool Framework for Java (DTFJ). Para instalar o plugin DTFJ no mercado no Eclipse IDE, selecione minhas seguintes opções de menu:

    Ajuda > Instalando Novo Software > Usando o IBM Diagnostic Tool Framework para Java > IBM Monitoring and Diagnostic Tools > Diagnostic Tool Framework para Java

    Onde provavelmente estará o despejo de heap Java?

    Clique com o botão direito do mouse nos processos Java. Em todo o menu suspenso, selecione a opção Heap Dump. Um dump de heap é gerado. O desvio de arquivo que geralmente cria o despejo de heap deve ser listado próximo à guia Resumo > Informações básicas > Espaço no arquivo.

    As seções de fanbase são compostas de informações detalhadas sobre cada tipo anexado ao conteúdo, bem como um arquivo de despejo de lote.

    Formato de despejo de pilha portátil (PHD)

    Como visualizo um arquivo de despejo de heap?

    Se você e sua família tiverem um arquivo de exclusão de heap recuperado em seu sistema local, você poderá abrir esse arquivo com o Java VisualVM selecionando Arquivo > Carregar além do menu principal. Java VisualVM deve abrir dumps de heap armazenados em qualquer tipo de arquivo . Organização de arquivos hprof. Quando você abre um lote salvo, o despejo de heap é aberto graças a uma guia na janela crítica.

    Um arquivo de despejo PHD tem uma seção de títulos e uma seção principal. A seção do corpo pode conter informações na região de objetos, matrizes ou entradas de formulário.Quantidades primitivas são usadas para indicar o formato do registro, conforme descrito na tabela a seguir:

    Número inicial Comprimento traseiro s

    1 curto 2 inteiro 4 longo 8 Palavra 4 (plataformas de 32 bits) ou, alternativamente, 8 (plataformas de 64 bits)

    Estrutura geral

    A estrutura upon inclui a página da web da tag h2 do arquivo PHD:

  • String UTF estipulando que o arquivo pode ser um heapdump portátil funcional
  • int contém o número de tradução do PHD
  • Bandeira linda int:
    • 1 indica que nosso espaço de palavra é de 64 bits.
    • 2 estipula que todos os objetos estão no hash de despejo mestre de uma pessoa. Esse sinalizador é, na verdade, para dumps em massa usando um novo código de hash de 16 bits. As pilhas OpenJ9 descartam códigos de hash de 32 bits gerados apenas quando estão em uso. Nesta demonstração, as convenções de hash são criadas quando a própria API é chamada de Object.hashCode() ou possivelmente Object.toString() em um novo aplicativo Java. Se esse sinalizador quase certamente nunca for definido, a presença de um código hash de primeira linha será indicada pelo sinalizador do meu código hash em cada entrada PHD personalizada.
    • 4 indica que a excreção é da máquina confidencial OpenJ9.
  • contendo uma etiqueta de preço 1 sugerindo que você está recebendo algum título.
  • Uma série de entradas arbitrárias de títulos, praticamente todas precedidas por uma assinatura de título correspondente. As tags de função de entrada de cabeçalho têm um novo escopo diferente das tags de corpo ou conjunto de tópicos. O fim das marcas é indicado pela tag “drop header”. As seguintes tags provavelmente serão incluídas: